5G
Publicidade

Por Katarina Bandeira, para o TechTudo

Thássius Veloso/TechTudo

O 5G aos poucos desembarca no Brasil, atraindo muita atenção de pessoas que querem saber se o celular é compatível com a nova internet móvel. Para além disso, será necessário que a operadora de telefonia tenha sinal naquela localidade, conforme está acontecendo a partir desta quinta-feira (05) na cidade de São Paulo. O aplicativo Speedtest, que funciona como um velocímetro, ajuda a saber onde há cobertura de internet 5G.

O app apresenta uma espécie de “mapa de calor” - em que é possível checar os lugares em que há conexão 2G, 3G, LTE, 5G ou nenhuma rede. Vale ressaltar que, no Brasil, LTE é sinônimo de 4G. Descubra como fazer a consulta no tutorial abaixo.

Confira tudo sobre a chegada do 5G ao Brasil

Confira tudo sobre a chegada do 5G ao Brasil

Disponível para Android e iPhone (iOS), o aplicativo Speedtest consegue filtrar o tipo de tecnologia por região, que pode ser a cidade ou até mesmo a rua em que o usuário se encontra. Isso significa que nos resultados – separados por cores diferentes – será possível exibir desde a conexão mais avançada do lugar, até aquela mais comum, ou seja, que as pessoas se conectam com mais frequência.

Como consultar o mapa de cobertura do 5G

Passo 1. Abra o aplicativo Ookla Speedtest e, no canto inferior direito da tela, toque em "Mapa". O app usará as informações coletadas no celular para mostrar a área coberta pela operadora de telefonia do usuário. Caso a permissão para a informação não tenha sido concedida, será necessário identificar manualmente, arrastando a barra com as redes de internet para cima.

— Foto: Reprodução/Katarina Bandeira

Passo 2. Será exibida uma lista com as principais operadoras de telefonia – como Claro, TIM, Vivo e Oi. Para verificar a cobertura, basta escolher a empresa desejada e selecionar se quer que o mapa mostre a melhor conexão do local ou a mais utilizada na região. O símbolo que representa o tipo de tecnologia escolhida (estrela para "Melhor" e seta para "Mais Comum") ficará no canto superior esquerdo da tela.

— Foto: Reprodução/Katarina Bandeira

Passo 3. Cada ponto colorido representa uma estação de rede móvel (como se fosse uma antena). Quadradinhos amarelos identificam a cobertura 2G e 3G; a cor verde mostra a conexão LTE ou 4G; e a azul, com presença tímida no mapa, é a escolhida para representar o 5G. Para áreas em que os usuários não se conectam com nenhuma das redes citadas, o aplicativo apresenta quadradinhos vermelhos. Vale observar que o mapa pode ser diminuído ou ampliado com o movimento de pinça na tela.

— Foto: Reprodução/Katarina Bandeira

Ao usar o app, é importante se atentar que ele não faz distinção entre as redes 5G DSS, 5G NSA e 5G SA (o puro, com uma radiofrequência exclusiva). Por isso, é comum que algumas cidades apresentem quadradinhos na cor azul – que representa o 5G – mesmo que a rede “pura” de quinta geração ainda não tenha sido liberada para aquela região.

O cronograma da Anatel prevê que todas as capitais tenham o 5G funcionando até o dia 29 de setembro. Por enquanto, apenas Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB), Porto Alegre (RS) e São Paulo (SP) têm a faixa funcionando. As próximas cidades devem ser Rio de Janeiro, Curitiba, Salvador e Goiânia – todas sem data definida.

Mais do TechTudo