Qual Comprar?
Publicidade

Por Lucas Santos, para o TechTudo


A soundbar é um acessório de áudio que promete ampliar a qualidade sonora da TV. Seja para assistir filmes e séries, ouvir músicas ou mesmo jogar, o dispositivo promete deixar a experiência do usuário mais imersiva. É possível encontrar modelos de empresas como Samsung, LG e JBL com diversas configurações e as opções de entradas possuem preços por a partir de R$ 799.

O TechTudo preparou uma lista com tópicos que explicam as principais configurações de uma barra de som, suas conexões e também sobre como acomodar o equipamento de áudio no ambiente. Confira a seguir no que ficar de olho na hora de escolher um modelo de soundbar e equipamentos de destaque.

Lista reúne pontos para prestar atenção antes de comprar uma soundbar — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo

Soundbar Samsung: onde comprar e qual modelo escolher? Tire suas dúvidas no Fórum TechTudo

Nota de transparência: Shoptime e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

1. Subwoofer

O subwoofer é um componente importante nas soundbars para garantir que o áudio seja reproduzido com graves fortes e de qualidade. Muitos modelos de barras de som contêm o subwoofer separadamente com conexão sem fio, sendo possível instalar o componente em qualquer lugar de acordo com a preferência do usuário.

O propósito do subwoofer é complementar a força do som para que ele seja distribuído no ambiente. O equipamento pode trazer para dentro de casa a experiência de uma sala de cinema, com graves reforçados e experiência mais envolvente no conteúdo que está sendo reproduzido, seja filmes, séries, músicas ou jogos.

Subwoofer pode ser interessante para dar sensação de imersão — Foto: Fernanda Fialho/TechTudo

No mercado é possível encontrar barras de som com subwoofer sem fio com facilidade. Modelos como Samsung HW-T450 podem ser adquiridos por a partir de R$ 850. Já a LG SNH5, que conta com mais canais de comunicação e outras tecnologias de áudio, é encontrada por a partir de R$ 1.500.

2. Conexões disponíveis e compatibilidade com a TV

As conexões da soundbar variam de acordo com o modelo escolhido. O dispositivo pode ser usado diretamente na TV, e para facilitar a comunicação, a conexão pode ser feita via HDMI. As conexões USB e Bluetooth permitem que o usuário conecte pen drive, celular, tablet e até mesmo um notebook para reproduzir as suas playlists favoritas. Alguns equipamentos de áudio ainda possuem Wi-Fi, o que permite acessar os apps de streaming diretamente da barra de som.

Outros conectores comuns nos dispositivos de áudio são as entradas de áudio convencionais e também ópticas. Os comandos das soundbars podem ser executados diretamente por um controle remoto. No caso dos modelos smart, ações como mudar de faixa, aumentar o volume e pausar, por exemplo, podem ser feitas usando apenas a voz.

Alguns modelos de soundbar possuem controle remoto — Foto: Divulgação/Kickstarter

3. É smart ou não?

A soundbar inteligente é uma opção para os usuários que buscam mais praticidade para realizar os comandos nos equipamentos. Além disso, o modelo smart também é uma opção para os consumidores que já integram recursos de casa inteligente. Alguns modelos, como a Samsung HW-Q800A, possuem assistente virtual embutida. Com isso, é possível mudar a faixa musical, o volume de reprodução e também acessar sua playlist favorita apenas com comandos de voz.

As soundbar smarts podem ser opções mais caras do que os modelos que não possuem comando de voz direto. O dispositivo citado acima como exemplo pode ser adquirido por valores a partir de R$ 2.500. Para quem já possui speakers smart com assistente de voz em casa, alguns modelos de soundbar convencionais permitem conectar o dispositivo inteligente para o controle via voz.

Modelo inteligente é uma opção para os usuários que buscam mais praticidade para realizar os comandos nos equipamentos — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo

4. Som ativo

As barras de som que possuem som ativo são os modelos que já contêm todos os componentes necessários para o funcionamento. De maneira geral, os dispositivos ativos já acompanham amplificadores e os alto-falantes que reproduzem os sons. Com isso, o usuário tem menos trabalho com a instalação, sendo o modelo mais indicado para o público geral.

Já os modelos com som passivo não possuem amplificadores embutidos, mas necessitam do componente para o funcionamento. O usuário precisa ter um mínimo de noção técnica para montar um conjunto com som passivo, pois os elementos precisam ser conectados via cabo externamente. Os modelos com som passivo, no entanto, podem apresentar melhor qualidade sonora que os ativos.

Soundbar HW-J250A/ZD da Samsung é do tipo ativo e custa em torno de R$ 400 — Foto: Divulgação/Samsung

Outro detalhe que influencia na qualidade sonora da soundbar é a quantidade de canais que o aparelho possui. Os canais podem ser vistos como fontes de som individuais. Para entender como funciona a numeração dos canais é simples: o número à esquerda é a quantidade de alto-falantes, já o da direita é a quantidade de subwoofer. Por exemplo, uma soundbar 2.1 possui dois alto-falantes (esquerdo e direito) e um subwoofer.

Os equipamentos de áudio que possuem três alto-falantes contam com um em cada lateral e um no centro. Os equipamentos com cinco canais possuem alto-falantes no centro, direita, esquerda e outros dois localizados na parte traseira. A versão com sete canais possui os mesmos alto-falantes frontais e quatro saídas de áudio na parte traseira.

Verificar a quantidade de canais nas soundbars pode ser um ponto a ser observado — Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo

Também é possível encontrar modelos de barras de som que possuem uma terceira numeração, como é o caso da Samsung HW-Q600A, que têm 3.1.2 canais. Este terceiro número indica que o modelo é compatível com som Dolby Atmos e a quantidade indica quantos alto-falantes conseguem reproduzir o efeito sonoro que deixa o som mais envolvente.

5. Compatibilidade com o tamanho do cômodo

O tamanho do cômodo onde a soundbar será instalada é um ponto importante para ser levado em consideração na hora de escolher o modelo ideal. Os dispositivos mais baratos e com menos recursos de áudio tendem a entregar uma experiência sonora mais tímida caso o ambiente seja muito grande. Os modelos com Dolby Atmos, que é um recurso de som avançado, funcionam melhor em lugares espaçosos, com o teto de até 3,3 metros de altura.

Além do tamanho do cômodo, a soundbar precisa ser compatível também com o tamanho da sua TV. Para isso, levamos em consideração quantas polegadas possui a televisão e os alto-falantes das barras de som. Os modelos com falantes de 12 polegadas funcionam com TVs de qualquer tamanho. Confira as demais opções a seguir:

  • Falantes de 38 a 45 polegadas se encaixam melhor nos televisores de 42 a 50 polegadas;
  • Falantes de 50 polegadas se encaixam melhor nos televisores de 55 a 65 polegadas;
  • Falantes de 60 polegadas se encaixam melhor nos televisores de 70 polegadas ou maiores.

Verifique a campatiblidade com o cômodo — Foto: Divulgação/LG

Com informações de Samsung, Consumer Reports, World Wide Stereo e CNet

Os ‘vilões’ da luz: veja o que mais gasta energia e como economizar

Os ‘vilões’ da luz: veja o que mais gasta energia e como economizar

Mais do TechTudo