Jogos
Publicidade

Por Igor Oliveira e Luiza M. Martins, para o TechTudo

Divulgação/Long Hat House

Os jogos brasileiros vêm ganhando espaço no mercado de games independentes. Apesar da falta de investimentos, muitas vezes os desenvolvedores conseguem apresentar alguns títulos que, além de oferecerem boas experiências, representaram o país em termos culturais. Em alguns casos, como Éden e Dodgeball Academia, a inspiração no Brasil é mais sutil e está, principalmente, na ambientação e nos costumes do povo brasileiro, como as populares partidas de queimada. Contudo, em outros, o incentivo do enredo é mais explícito, a abordando primeiros anos do país, ainda na época da escravidão, e até as canções de ninar, como a da Cuca.

Neste contexto, o TechTudo preparou uma lista com cinco games produzidos em terras nacionais que também se inspiraram na cultura do Brasil para desenvolver o enredo. A disponibilidade dos games varia entre PC, PlayStation (PS4 e PS5), XBox One,Xbox Series X/S, Nintendo Switch, além de celulares Android e iPhone (iOS). Alguns deles estão disponíveis para baixar gratuitamente.

Dodgball Academia é um indie inspirado pelo popular jogo de queimada — Foto: Divulgação/Steam

👉 Qual é o melhor jogo brasileiro? Comente no Fórum do TechTudo

Éden

Éden está em produção pelo estúdio Vortex, formado por estudantes da faculdade Anhembi Morumbi, e está disponível gratuitamente no site Itch.io (www.itch.io). Inspirado pelos problemas sociais do Brasil, principalmente dos moradores de rua, Éden apresenta a história de Abel.

O protagonista é um dos únicos seres humanos em um mundo de criaturas antropomórficas, ou seja, que têm características humanas. Segundo os desenvolvedores, a ideia era mostrar como, para boa parte da sociedade, pessoas em situação de rua são uma espécie à parte. De acordo com a descrição da Vortex, a proposta é “fazer as pessoas enxergarem a situação de rua com uma abordagem mais lúdica e motivadora”.

Éden é um dos indies desenvolvidos no país que se inspira nas questões sociais do Brasil — Foto: Reprodução/Itch.io

Mandinga: A Tale of Banzo

Mandinga: A Tale of Banzo é o terceiro jogo do estúdio Uruca Game, ambientado no universo do segundo game da desenvolvedora, Banzo. O título está disponível para PC, na Steam. Inspirado nas mecânicas clássicas do gênero JRPG, o game apresenta a história de Akil (também conhecido como Mandinga), um herói muçulmano de conhecimentos diversos, e Obadelê, um guerreiro capoeirista iorubá, na época do Brasil colônia e escravocrata.

Mesmo com um desenvolvimento totalmente independente, o game traz inovações no sistema de combate por turno, adicionando uma mecânica de dados. Apesar de trazer um enredo original, a inspiração e ambientação dos cenários bebe na história real do Brasil daquela época.

Mandinga: A Tale of Benzo conta a história de dois heróis na época do Brasil colônia — Foto: Divulgação/Steam

Outro game brasileiro inspirado diretamente pela história do país é o indie Dandara, do estúdio Long Hat House. No game, a protagonista homônima ao game é inspirada por Dandara dos Palmares, uma das líderes da resistência negra no Quilombo dos Palmares e, também, a esposa de outra figura histórica da época, Zumbi. No enredo, que beira o gênero de distopia e ficção científica, a protagonista deve impedir a destruição vindoura do mundo com a guerra entre duas facções. Quanto às mecânicas, o game adota um estilo metroidvânia com gráficos em pixel art.

Outra curiosidade é em relação à movimentação da personagem, que não corre e nem anda, apenas salta de uma plataforma para outra em uma mecânica que os desenvolvedores chamam de "gravidade abstrata". O game está disponível para PlayStation (PS4 e PS5), Xbox One, Xbox Series X/S, Nintendo Switch, Android, iPhone (iOS) e PC.

Dandara é um metroidvania brasileiro onde a personagem salta de um ponto ao outro no cenário — Foto: Divulgação/Long Hat House

Cuca Catch

Cuca Catch é uma produção da Ametista Games e mistura captura facial com folclore brasileiro e até mesmo canções de ninar populares. Desenvolvido para celulares iPhone ( iOS), o game está disponível na App Store. A mecânica é simples: os jogadores devem ajudar a Cuca a coletar ingredientes para suas produções. O detalhe é que a personagem irá se movimentar de acordo com as caretas que o jogador fizer para a câmera. Assim, de uma forma criativa, Cuca Catch mistura cultura brasileira com filtros populares de rede social e traz uma experiência mobile divertida.

Cuca Catch se baseia na canção da Cuca em suas mecânicas — Foto: Reprodução/Luiza M. Martins

Língua

Língua apresenta a história de Beto, um homem nordestino que precisa explorar o sertão em busca de seu bode desaparecido. Com uma premissa simples e design de pixel art bastante agradável, o game brasileiro traz detalhes culturais através de diversos puzzles que são apresentados ao longo da gameplay. O jogo desenvolvido independentemente por Guilherme Giacomini está disponível para PC, na Steam. Outro detalhe que é importante ressaltar é o fato de que Língua também conta com uma trilha sonora local muito bem adaptada para o estilo do game.

Língua conta a história de um homem que busca por seu bode desaparecido — Foto: Divulgação/Steam

Dodgeball Academia

Dodgeball Academia é o figurão desta lista, uma vez que está disponível no catálogo do Game Pass e foi um dos destaques indies de 2021. A ideia do game da Pocket Trap é apresentar um mundo onde tudo pode ser resolvido com partidas de queimada. Neste contexto, Otto entra para a escola esportiva mais prestigiada do país e deverá se provar como o maior jogador de queimada da história.

Com uma premissa que beira o infantil, Dodgeball Academia acerta em cheio ao trazer um jogo com textos muito bem localizados. Com certeza, os brasileiros irão se identificar com diálogos onde o debate é se deve colocar abacaxi na pizza ou não. Além disso, a ambientação de colégio infantil é um prato cheio de nostalgia para quem viveu esta época no início dos anos 2000. O título está disponível para PC, Nintendo Switch, PlayStation 4 (PS4), PlayStation 5 (PS5), Xbox One e Xbox Series X/S.

Dodgeball Academia é baseado em um dos esportes mais queridos e populares do Brasil: a queimada — Foto: Divulgação/Steam

Com informações de Itch.io, Steam e App Store

VEJA TAMBÉM: 5 jogos grátis para curtir com amigos em consoles

Conheça 5 jogos grátis para curtir com amigos em consoles

Conheça 5 jogos grátis para curtir com amigos em consoles

Mais do TechTudo