Redes sociais
Publicidade

Por Júlio César Gonsalves, Para o TechTudo


O Tinder é um dos apps de namoro mais populares no Brasil, mas há outras opções de aplicativos para paquerar usando celulares Android e iPhone (iOS). Bumble e Badoo, por exemplo, são algumas das plataformas que podem te ajudar a encontrar um novo relacionamento, ter um encontro casual ou mesmo iniciar uma nova amizade. Os apps, que contam com download gratuito, permitem adicionar fotos, conversar por meio de chats e também acessar recursos inéditos - como stories. Confira, a seguir, seis aplicativos de namoro alternativos para quem cansou do Tinder.

Conheça apps de namoro que não são o Tinder — Foto: Divulgação/Pexels

1. Bumble

O Bumble é um app que permite ao usuário buscar por novos relacionamentos, amizades e até contatos profissionais. Para encontrar possíveis matches, o Bumble usa a localização do usuário. Então, ao encontrar um perfil que goste, deslize para a direita; se não, deslize para a esquerda.

Como diferencial, a plataforma aposta em diversas regras para guiar os membros rumo a um comportamento mais respeitoso. Para isso, ela apresenta diversos "modos". Dois deles são o Bumble Date, em que casais heterossexuais dão “match”, mas são as mulheres que devem dar o primeiro passo em até 24 horas; e o Bumble BFF, que busca unir pessoas em busca de amizade.

Bumble é um app alternativo ao Tinder — Foto: Reprodução/Júlio César Gonsalves

Ainda nesse sentido, o Bumble conta com um sistema de inteligência que identifica se os conteúdos trocados entre os usuários são considerados impróprios ou não. Para visualizá-los, é preciso conceder permissão.

O app também conta com planos de assinatura paga - como a versão Boost, por exemplo, que custa R$ 20,90 por semana ou R$ 42,90 por mês e dá direito a curtidas ilimitadas, 5 superSwipes por semana e outros recursos. Já a versão Premium, que custa R$ 42,90 por semana ou R$ 84,90 por mês, permite que o usuário veja a lista de curtidas, use filtros avançados, fique invisível e mude a localização para se conectar com pessoas de outros países.

O Happn é um app que apresenta perfis de pessoas que já se cruzaram em algum momento. Ao baixá-lo, basta criar uma conta e completar o perfil para poder visualizar os outros usuários. Caso goste ou reconheça alguém, basta dar um like - mas vale lembrar: a pessoa só vai saber se curtir o seu perfil também.

Então, ao acontecer um "match", é possível começar a conversar por chat ou vídeo. Caso não queira esperar pela conexão, é possível usar o recurso "FlashNote" e mandar uma mensagem direta para a pessoa.

Logotipo de tela inicial do app Happn — Foto: Reprodução/Júlio César Gonsalves

O aplicativo também conta com versão premium, disponível por R$ 79,90 por um mês, R$ 284,90 por seis meses ou R$ 379,90 por 12 meses, que garante acesso à lista das pessoas que curtiram seu perfil, 10 FlashNotes por dia, seleção de critérios dos perfis para ver, voltar atrás para rever perfis descartados, remover anúncios e outras funções.

3. Badoo

O Badoo é um app gratuito que permite encontrar várias pessoas por perto - seja com foco em namoro ou em amizade. Assim, após concluir o cadastro, é possível visualizar diversos perfis e tocar em "curtir", para demonstrar interesse, ou no "X", para dispensar o perfil. Para visualizar mais informações de um perfil específico, basta arrastar para cima.

O app também conta com assinaturas pagas, como o Premium, que tem valores variados: R$ 2,49 por dia; R$ 5,90 por semana; R$ 17,90 por mês; R$ 34,90 por três meses; R$ 59,90 por seis meses; ou ainda R$ 149,90 para acesso vitalício. Com a versão, é possível saber quem te curtiu, além de destacar mensagens enviadas, ter votos ilimitados, usar filtros ilimitados, navegar de forma privada pelos perfis e usar o app sem a exibição de anúncios.

Telas do app Badoo, que é uma alternativa ao Tinder também — Foto: Reprodução/Júlio César Gonsalves

Na versão Premium Plus, - que custa R$ 29,90 por semana, R$ 59,90 por mês, R$ 99,90 por três meses ou R$ 149,90 por seis meses, - dá para acessar os mesmos recursos da versão Premium, acrescidos de duas conversas por semana antes de se conectar, uma exposição extra semanal também, uma paquera para enviar por dia e a possibilidade de saber se suas mensagens foram lidas.

O OkCupid é um app para solteiros em busca de um relacionamento, independentemente da opção sexual. Para usar o aplicativo, basta criar um perfil e, então, visualizar os outros usuários da plataforma. Caso queira aumentar as chances de encontrar pessoas compatíveis, também é possível responder a um questionário com uma série de perguntas pessoais.

O serviço conta com pacotes Premium, em que o usuário paga U$ 9,99 por mês (R$ 53,49 na cotação atual), U$ 23,99 por três meses (R$ 129,61) ou seis meses por U$ 29,99 (R$ 162,03). Com qualquer uma dessas opções, o usuário consegue ver quem gosta dele sem ter que gostar primeiro, fazer pesquisas com filtros avançados e usar a plataforma totalmente sem anúncios.

OkCupid — Foto: Reprodução/Júlio César Gonsalves

O Grindr é um aplicativo de paquera para pessoas LBTQIA+. Nele, é possível encontrar outros usuários a partir de geolocalização e, assim, navegar e avaliar perfis, conversar e compartilhar fotos. Caso queira, também é possível filtrar as buscas por categorias, e, assim, encontrar pessoas que se encaixem exatamente no perfil que desejar. Por isso, ao personalizar o perfil, é necessário preencher todas as categorias indicadas.

O app oferece a versão paga "Grindr XTRA", que custa R$ 36,90 por mês ou R$ 187,90 por ano. Ela garante acesso sem anúncios, a possibilidade de ver mais perfis, checar apenas usuários online e filtrar os perfis para visualizar somente os que possuem fotos. Também é possível enviar mais fotos de uma vez, bloquear mais perfis e adicionar mais favoritos.

Página inicial e Termos de serviço do Grindr — Foto: Reprodução/Júlio César Gonsalves

A outra versão paga, chamada "UNLIMITED", custa R$ 73,90 por mês ou R$ 449,90 por ano. Ela possui os mesmos benefícios do plano anterior, acrescidos de funções como visualizar quando alguém está digitando e excluir mensagens e fotos enviadas no chat.

6. Zoe

O Zoe é um aplicativo de paquera e amizade para mulheres lésbicas, bissexuais e queer maiores de 18 anos. O serviço tem funcionamento similar a outros do gênero: basta deslizar para a direita se gostar de um perfil e para a esquerda se não. Ao dar match, é possível começar a conversar no mesmo momento, enviando mensagens, vídeos e fotos. No app, também é possível definir a faixa etária e a distância dos perfis para visualizar.

Página inicial e página de login do aplicativo Zoe — Foto: Reprodução/Júlio César Gonsalves

O app conta com uma assinatura premium, que permite deixar seu perfil visível apenas para as usuárias que gostar, ver quem já gostou de você, mudar a decisão que tomou referente a algum perfil, enviar até cinco mensagens diretas para alguém e usar adesivos personalizados no chats. O custo é de R$ 14,90 por mês.

Com informações de App Store ( 1, 2, 3, 4, 5, 6), TechTudo (1 e 2) e The Sun

Veja também: 'Proibidos': 5 apps polêmicos que foram banidos no Android e iPhone

'Proibidos': 5 apps polêmicos que foram banidos no Android e iPhone

'Proibidos': 5 apps polêmicos que foram banidos no Android e iPhone

Mais do TechTudo