Qual Comprar?
Publicidade

Por Wagner Edwards, para o TechTudo


O Dia do Ciclista é comemorado nesta sexta-feira (19) e existem eletrônicos que podem ajudar ao praticar exercícios com a bicicleta. Empresas como Apple, Amazon, JBL e Garmin oferecem dispositivos como caixas de som, fones de ouvido sem fio, GPS e smartwatches que auxiliam na hora de pedalar e são interessantes para monitorar o status de saúde do usuário e até permitem realizar ligações sem tirar as mãos do guidão.

A JBL Wind 2, por exemplo, é uma caixa de som que traz suporte para ser acoplada no guidão da bicicleta por preços a partir de R$ 204. Já o Echo Buds (2ª geração) é um fone de ouvido com integração com Alexa vendido por valores que partem de R$ 711. Outra opção é o Apple Watch 3, que traz informações que ajudam na prática de atividades físicas por cerca de R$ 1.933. Veja a seguir cinco eletrônicos para auxiliar na rotina dos ciclistas.

Lista reúne 5 equipamentos eletrônicos para auxiliar na rotina de ciclistas — Foto: Unsplash/Patrick Hendry

Qual o melhor GPS para celular? Tire suas dúvidas no Fórum TechTudo

1. Caixa de som – a partir de R$ 204

Pedalar ouvindo música pode ser interessante para usuários que não querem ouvir apenas com o barulho do ambiente. Por isso, caixinhas com design mais compacto e que podem ser acopladas ao guidão da bicicleta são uma boa opção para quem não deixa de lado a música. A Wind 2, da JBL, apresenta um design redondo e espaço na parte superior para encaixar alças. A caixinha traz um visor LED no centro do produto que mostra a estação de rádio escolhida e a quantidade de bateria restante. Ela é vendida por valores a partir de R$ 204.

Ela conta com botões power e multimídia na parte lateral e acompanha um encaixe que pode ser acoplado com segurança e estabilidade no guidão da bicicleta. Com uma potência de 5 W, o periférico ainda oferta resistência à água, conectividade via Bluetooth com outros aparelhos e até um slot para cartão de memória microSD. A fabricante garante que a autonomia de bateria alcança dez horas. Avaliado com uma nota de 4,3 de 5 na Amazon, os consumidores destacam a conexão Bluetooth rápida, mas criticam a potência da caixa.

  • Prós: resistente à água
  • Contras: ausência de graves de qualidade

JBL Wind 2 tem um apoio para acoplar a caixinha no guidão da bicicleta — Foto: Divulgação/JBL

Existem diversas tecnologias que possibilitam o rastreamento de objetos. Quando se trata de uma bicicleta, por exemplo, pode ser útil acoplar um rastreador específico para encontrá-la em casos de perda, furto, ou roubo do veículo. A AirTag, da Apple, é uma espécie de etiqueta tecnológica, desenvolvida para auxiliar os usuários a encontrar itens e objetos perdidos. Embora seja muito comum estar acoplada em chaveiros, o periférico é bastante versátil e pode ser anexado a diversos outros itens, como bicicletas, celulares, motos e malas de viagem. Em um caso recente, o Apple AirTag ajudou a polícia a encontrar uma bicicleta roubada nos Estados Unidos. O modelo é vendido por cerca de R$ 369 no pacote individual e por R$ 1.249 para o combo com quatro unidades.

Confeccionada em um tamanho de aproximadamente 3 cm, a etiqueta pode ser conectada a um iPhone ou iPad, e assim obter o status em tempo real de onde o AirTag se encontra. Há, ainda, um alto-falante que emite um som específico para facilitar a localização. Segundo a fabricante, a bateria do aparelho dura mais de um ano. Cada etiqueta pode ser personalizada com um nome diferente no software, o que facilita a busca uma vez que o sistema for acionado. Para conectar-se aos produtos Apple, antes é necessário verificar se o seu smartphone possui o chip U1. Avaliado com uma nota de 4,7 de 5 na Amazon, os consumidores destacam a versatilidade de uso do periférico, e seu design discreto. No entanto, criticam que o som emitido pelo alto-falante é baixo.

  • Prós: bateria durável
  • Contras: relatos de o alto-falante ser baixo

Apple AirTag pode ajudar no rastreamento de objetos — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

3. Fone de ouvido Bluetooth – a partir de R$ 711

Os fones de ouvido sem fio podem fazer muito mais do que apenas reproduzir músicas. Isso porque os modelos integrados com assistentes virtuais como Alexa podem ser de grande ajuda para auxiliar o ciclista ao consultar sobre a rota a ser executada com a bike, realizar ligações sem soltar o guidão, ou até mesmo ligar para a emergência em situações de risco. O Echo Buds de 2ª geração, da Amazon, por exemplo, é um fone com design intra-auricular e conectividade sem fio via Bluetooth que pode ser adquirido por valores que partem de R$ 711.

O periférico possui integração com assistentes virtuais, tecnologia para cancelamento de ruído, resistência à água e apresenta até cinco horas de autonomia de bateria. Além disso, apresenta compatibilidade com os sistemas de smartphones Android e iOS. Avaliado com uma nota de 4,3 de 5 na Amazon, os consumidores destacam positivamente a eficiência do aparelho e a boa reprodução de música. No entanto, relatam que a bateria dura menos que o anunciado.

  • Prós: conexão com Alexa
  • Contras: autonomia de bateria

Amazon Echo Buds é um fone Bluetooth e integrado com assistentes virtuais — Foto: Divulgação/Amazon

4. GPS via satélite – a partir de R$ 1.387

Equipamentos GPS de conexão via satélite são essenciais para nortear o caminho dos usuários. Isso porque uma vez carregados, estes eletrônicos conseguem informar a rota sem precisar de conexão com a internet, além de fornecer outros dados sobre o status das pedaladas, como distâncias percorridas. O Edge 130, da Garmin, é um GPS via satélite com aproximadamente 6 cm de altura por 4 cm de largura. O modelo é encontrado por cifras a partir de R$ 1.387.

O item oferta uma tela LCD de 1,8 polegada, que expõe informações como a direção da rota escolhida, hora, distância percorrida e velocidade. A fabricante promete que o display pode ser lido nitidamente mesmo durante a exposição aos raios solares. Avaliado com uma nota de 4,5 de 5 na Amazon, os consumidores destacam a performance do periférico e que ele cumpre com o prometido. Porém, criticam o tamanho do aparelho e que o rastreamento GPS pode demorar um pouco.

  • Prós: não precisa de internet
  • Contras: relatos do sistema GPS ser lento

Garmin Edge 130 é um GPS com LCD de 1,8 polegada — Foto: Divulgação/Garmin

5. Smartwatch – a partir de R$ 1.933

Os smartwatches (relógios inteligentes, em português) são dispositivos que, além de mostrar as horas, exibem detalhes importantes sobre a saúde do usuário, o que pode ser útil para consumidores que precisam acompanhar estes status para desenvolver uma boa atividade física. Os modelos mais modernos, podem, inclusive, auxiliar em pagamentos por aproximação, acionar aplicativos do celular e mudar as músicas do fone de ouvido. O Apple Watch 3, da Apple, é um relógio inteligente confeccionado em alumínio, enquanto a pulseira apresenta produção em silicone. O modelo é vendido por valores que partem de R$ 1.933.

Dentre os sistemas para o monitoramento de saúde, destacam-se aqueles que aferem a frequência cardíaca, níveis de saturação de oxigênio no sangue, distância percorrida em passos e quantidade de calorias queimadas. O sistema interno ainda disponibiliza GPS, o que pode ser útil em casos de o usuário se perder. Avaliado com uma nota de 4,8 de 5 na Amazon, os usuários destacam a usabilidade do produto durante atividades físicas.

  • Prós: bastante versátil
  • Contras: preço elevado

Apple Watch 3 pode ser ideal para monitorar saúde do usuário — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Produtos eletrônicos mais vendidos na Amazon Brasil em 2022

Produtos eletrônicos mais vendidos na Amazon Brasil em 2022

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de agosto de 2022.

Mais do TechTudo