Redes sociais
Publicidade

Por Beatriz Maxima, para o TechTudo


Usar versões modificadas do WhatsApp pode fazer com que a sua conta seja banida. Isso porque esse tipo de prática viola as diretrizes do mensageiro, que só permite ser usado em sua versão oficial. Conhecidos como APKs, os serviços clonados utilizam o código-fonte da plataforma da Meta para funcionar e, então, atraem usuários por meio de recursos que estão indisponíveis no app real. Contudo, por precisarem ser baixados em fontes externas, alternativas à Google Play Store e à App Store, esses serviços podem oferecer muito mais perigos do que o esperado.

Um deles é o fato de os arquivos de download virem possivelmente acompanhados de vírus e malwares. Uma vez instalados, eles podem conseguir infectar todo o celular e até mesmo expor dados pessoais para cibercriminosos. Por isso, confira nas próximas linhas quais apps podem banir sua conta e saiba o que fazer nesses casos.

Aplicativos que imitam o WhatsApp violam regras e podem ocasionar o baimento de usuários do mensageiro; saiba — Foto: Fernando Braga/TechTudo

Fouad WhatsApp

O Fouad WhatsApp, também conhecido como FMWhatsApp, apresenta modificações baseadas em funções desejadas por usuários que não foram incorporadas na versão oficial do app de mensagens. O APK permite customizar o mensageiro de várias formas, como mudar as cores de layout, criar senhas para conversas separadas, esconder o “online” de pessoas selecionadas, e enviar fotos de até 1 GB sem precisar enviar como arquivo - recursos que, vale lembrar, são muito aguardados na plataforma da Meta.

Porém, além de não ser um aplicativo legítimo, o Fouad WhatsApp pode trazer riscos à privacidade do usuário. Diferente do WhatsApp, as mensagens não são criptografadas, então não é possível saber se elas estão sendo repassadas para terceiros ou sendo acessadas de outros dispositivos, por exemplo. Por isso, é preciso reconsiderar o uso do software clonado.

WhatsApp passa a banir quem usa apps de terceiros do mensageiro — Foto: Luciana Maline/TechTudo

WhatsApp GB

O WhatsApp GB é o mais parecido com o mensageiro oficial, mas apresenta uma maior quantidade de mecanismos disponíveis. Com ele, é possível deixar o app transparente, proteger conversas com um PIN, esconder o “digitando”, tirar o “online”, trocar a cor do cabeçalho, modificar a confirmação de leitura ou até enviar áudios e músicas de até 100 MB.

Ainda, para quem tem mais de um número de telefone, é possível usar várias contas ao mesmo tempo no app modificado. Porém, mesmo com tantas funções, por estar disponível apenas em lojas externas ao Google, também não é possível saber se o software é seguro.

Gravação de áudio no aplicativo WhatsApp — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

WhatsApp Plus

O WhatsApp Plus, ou WhatsApp Azul, ficou famoso na internet após postagens divulgando-o como uma “atualização oficial” do app da Meta, com a promessa de novas ferramentas. O APK, assim como outras versões, dispõe de funcionalidades como: desabilitar “lido”, utilizar mais de uma conta no mesmo celular e ocultar o “online” e “gravando áudio”. Ainda, ele pode limpar conversas sozinho e emitir respostas automáticas. Contudo, o serviço também não é autorizado, uma vez que pode colocar a conta e dados pessoais em risco.

Versão também em azul do app não oficial WhatsApp Plus — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

O que fazer se minha conta foi banida por uso desses apps?

Os usuários que tiverem a conta banida de maneira permanente e quiserem recuperá-la, devem entrar em contato com o suporte do WhatsApp, por e-mail ou via formulário, no site oficial do mensageiro. Caso seu número tenha sido banido temporariamente, basta esperar o tempo solicitado e migrar para a versão oficial do app. Ainda, aqueles que optarem por não fazerem a mudança poderão ter a conta banida permanentemente.

Veja também: WhatsApp clonado: como recuperar conta e se proteger de golpe

WhatsApp clonado: como recuperar conta e se proteger de golpe

WhatsApp clonado: como recuperar conta e se proteger de golpe

Mais do TechTudo