Jogos simuladores
Publicidade

Por Rafael Monteiro, para o TechTudo


Cult of the Lamb é um jogo que mistura uma gameplay de ação com elementos roguelike e gerenciamento de um culto. O título, que alinha uma premissa sombria com gráficos cartoonizados, foi desenvolvido pela Massive Monster e distribuído pela Devolver Digital. O game conta a história de um cordeiro – com visual fofo – condenado pelos deuses que precisa recrutar fiéis para seu formar o próprio culto. Lançado em 11 de agosto, o jogo fez sucesso na loja digital Steam e chegou a desbancar a pré-venda de Spider-Man Remastered do topo da lista de mais vendidos.

Confira, a seguir, mais detalhes sobre o game, que está disponível para PS5 e PS4 por R$ 124,50, para Xbox Series X, Xbox Series S e Xbox One por R$ 92,45 e para Nintendo Switch e PC pelo Steam e GOG por R$ 64,95.

Cult of the Lamb conta a história de um fofo cordeiro que é condenado pelos deuses e deve formar o seu próprio culto de fiéis — Foto: Divulgação/Devolver Digital

👉 Quais são os melhores jogos de terror? Comente no Fórum TechTudo

História

O enredo começa com o pequeno cordeirinho, personagem principal do game, sendo condenado por quatro deuses que dominam o mundo do jogo, habitado por animais antropomórficos. Após ser sacrificado, ele encontra uma entidade chamada "The One Who Waits" (Aquele Que Espera), que toma posse de seu corpo e oferece uma oportunidade para que ele se vingue dos outros deuses. Equipado com novos poderes, o personagem precisa criar seu próprio culto para se alimentar da devoção e sacrifício de seus fiéis e aos poucos se tornar capaz de enfrentar os outros "falsos profetas".

Cult of the Lamb mistura simulação através do gerenciamento de seu culto com ação e elementos roguelike nos combates — Foto: Reprodução/Steam

Gameplay

A jogabilidade de Cult of the Lamb é dividida em duas partes distintas. Na maior parte do tempo, o jogador irá cuidar de seu culto em um simulador de vida onde é preciso erguer moradias e outras construções úteis, plantar uma horta para alimentar seu rebanho e interagir com seus fiéis. Para muitos jogadores, o título lembra, inclusive, Stardew Valley nas mecânicas de gerenciamento. Ao conversar com os integrantes do culto, também é possível descobrir mais sobre eles e receber missões para serem completadas.

Quando não está administrando seu culto, o jogador pode explorar fases geradas aleatoriamente com elementos rogue em busca de recursos e fiéis — Foto: Reprodução/Steam

As mecânicas de combate ocupam a outra parte do jogo e aparecem quando o usuário sai da área segura de seu culto para realizar incursões em dungeons. Durante a jornada, é possível conseguir armas e cartas de tarô que concedem ataques e armas diferentes, além de encontrar recursos úteis para construção e novos fiéis perdidos pelas fases. Essas incursões têm elementos roguelike, como mapas e power-ups gerados aleatoriamente. Ao morrer, o jogador retorna para seu culto, porém perde os recursos obtidos.

Requisitos mínimos

Cult of the Lamb - Requisitos mínimos

Requisitos mínimos Configuração recomendada
Sistema operacional: Windows 7 ou superior (64 bits) Windows 10 (64 Bits)
Processador: Intel Core i3-3240 ou AMD FX-4300 Intel Core i5-3470
Memória RAM: 4 GB 8 GB
Placa de vídeo: Geforce GTX 560 Ti 1GB ou Radeon HD 7750 1GB Geforce GTX 1050 2GB ou Radeon R9 380 2GB
Armazenamento: 4 GB de espaço disponível 4 GB de espaço disponível
Mais do TechTudo