Celular
Publicidade

Por Isabele Scavassa, para o TechTudo

Thássius Veloso

O Galaxy Z Fold 4 é um dos mais novos celulares dobráveis da Samsung. A marca a renovou a sua linha de smartphones dobráveis durante o evento Unpacked 2022. O valor inicial do sucessor do Galaxy Z Fold 3 foi definido em US$ 1.799 — cerca de R$ 9.220, na conversão direta e sem impostos. Ainda não há informaçõs sobre disponibilidade e preço, que devem ser revelados no dia 23 de agosto. Os integrantes da linha Z Fold, nas edições 3 e 4, já acumulam semelhanças em termos de design, mas demarcam mudanças que surgem com o upgrade da geração. Confira todos os detalhes a seguir.

O Galaxy Z Fold 3 foi lançado em 2021 por cifras que começavam em R$ 12.799. Com a chegada da nova geração do celular que vira um tablet quando aberto, o modelo já pode ser adquirido na Amazon por R$ 10.680 — desconto de mais de R$ 2.000. Já o Galaxy Z Fold 4 ainda não tem preço definido no Brasil, mas foi lançado nos EUA pelo mesmo valor de lançamento da versão anterior, o que pode significar que ele também chegará ao país por cerca de R$ 13 mil.

Nova versão do Galaxy Z Fold foi lançada em agosto deste ano, no Unpacked 2022 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Tela e design dos celulares dobráveis

A Samsung não fez grandes mudanças em termos de design da nova linha Z Fold. Assim, a tela do modelo recém-lançado continua nos moldes do Galaxy Z Fold 3, com 6,2 polegadas no display externo e 7,6 no interno. O que muda, no entanto, é a reformulação da proporção, que foi de 24,5:9 para 23:9 no telefone mais novo – com a proposta de garantir maior ergonomia para os usuários. Quanto à resolução, ela muda ligeiramente seus 2.208 x 1.768 pixels do painel interno para 2.176 x 1.812 pixels. A variação também é notada no display externo.

Galaxy Z Fold 4 dispõe de uma tela interna de 7,6 polegadas — Foto: Thássius Veloso

Ainda sobre a exibição, vale mencionar que as duas gerações contam com taxa de atualização de 120 Hz, fator que garante uma transição eficiente nas imagens, sem que elas deixem rastros na tela ao longo dos movimentos durante a exibição de jogos ou filmes. Em comum, os telefones também trazem o AMOLED Dinâmico 2X como tecnologia do painel, de modo a garantir contrastes profundos e cores vivas.

Em termos de estrutura, a certificação IPX8 presente nos celulares se destaca pela proteção que confere aos dobráveis da marca. Assim, eles podem ficar em contato com a água sob uma profundidade de até 1,5 m por 30 minutos.

Como mencionado, o design não sofreu grandes alterações entre um modelo e outro. Assim, os aparelhos mantêm o jogo de câmeras externas alinhado na vertical, ao passo que camufla a lente de selfies, presente na tela interna. A outra câmera de selfies, na parte de fora, fica alocada em um pequeno entalhe.

O revestimento é feito por Gorilla Glass nos telefones, que se distinguem também pelas cores do acabamento. O Z Fold 3 disponibiliza modelos em prata, verde escuro e preto, enquanto o Z Fold 4 comercializa opções creme, grafite e preto.

Câmera dos Galaxy Z Fold

O conjunto fotográfico do Galaxy Z Fold 4 evoluiu em relação ao do modelo anterior. O conjunto principal do Z Fold 3 contava com 12 MP em todos os sensores. O update de maior destaque ocorreu na câmera ultra wide, que agora é de 50 MP no modelo recém-lançado. O tamanho das lentes também aumentou na nova versão.

Conjunto fotográfico do Galaxy Z Fold 3 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Confira o conjunto do Galaxy Z Fold 4:

  • Principal de 12 MP (f/2.2)
  • Ultra wide de 50 MP (f/1.8)
  • Teleobjetiva de 10 MP (f/2.4)
  • Frontal (externa) de 10 MP (f/2.2)
  • Frontal (interna) de 4 MP (f/1.8)

A seguir, os sensores do Galaxy Z Fold 3 :

  • Principal de 12 MP (f/1.8)
  • Ultra wide de 12 MP (f/2.2)
  • Teleobjetiva de 12 MP (f/2.4
  • Frontal (externa) de 10 MP (f/2.2)
  • Frontal (interna) de 4 MP (f/1.8)

Como é possível observar, o sensor ultra angular, utilizado para fazer capturas de um ângulo mais amplo, foi de 12 MP para 50 MP entre uma geração e outra. A câmera teleobjetiva, por sua vez, caiu de 12 para 10 MP no novo telefone. Esse último sensor ajuda a fazer fotos com maior capacidade de aproximação, conferindo o zoom necessário para capturar paisagens e objetos distantes.

Conjunto fotográfico segue vertical no Galaxy Z Fold 4 — Foto: Thássius Veloso

Além de recursos como gravações de vídeo em 4K, estabilização ótica e otimizações por meio da inteligência artificial, a Samsung também oferece a possibilidade de filmar diversos ângulos simultaneamente. O destaque, no entanto, fica por conta da câmera de selfie interna, presente nos dois modelos, que se mistura à tela, ficando quase invisível quando não está em uso.

Desempenho e armazenamento

Em relação ao desempenho, o Galaxy Z Fold 4 faz bonito ao trazer o Snapdragon 8 Plus Gen 1, chip que conquistou nove dos dez lugares no ranking de celulares mais potentes do mundo em julho de 2022, segundo a AnTuTu. Já o Z Fold 3 traz o Snapdragon 888, processador que se destacou nos smartphones de 2021.

Galaxy Z Fold 4: armazenamento de 256 GB a 1 TB — Foto: Thássius Veloso

Para operar em conjunto com os chips de respeito da Qualcomm, a Samsung conferiu 12 GB de memória RAM para cada aparelho. Vale lembrar que, quanto maior o espaço neste sentido, maior é a eficiência no processamento multitarefas do celular. O armazenamento, por sua vez, fica em 256 GB ou 512 GB no Z Fold 3 e chega a até 1 TB no modelo mais recente.

Os dois celulares dispensam entrada para cartão microSD, tendência que tem se manifestado de forma significativa entre outros aparelhos lançados recentemente. Portanto, se o consumidor estiver em busca de memória ampla, deve considerar uma versão com armazenamento generoso.

Bateria dos Galaxy Z Fold

Se as câmeras distinguem os dobráveis de alguma forma, a bateria os aproxima. Os 4.400 mAh da capacidade é mantido pela Samsung no modelo atual. O número fica abaixo de alguns telefones intermediários, que já garantem 5.000 mAh aos usuários, de modo a otimizar o tempo longe das tomadas.

Por outro lado, algumas otimizações de software têm contribuído para que a carga dure mais. Além disso, a taxa de atualização de tela variável possibilita que os telefones não consumam tanta energia quanto os que usam os 120 Hz em tempo integral.

Dobráveis da Samsung oferecem bateria de 4.400 mAh — Foto: Thássius Veloso

Ambos os aparelhos oferecem possibilidades variadas de carregamento, como o tradicional com fio, wireless ou carregamento reverso, em que um celular disponibiliza energia para o outro por indução. Segundo a Samsung, é possível carregar metade da bateria via carregamento rápido em apenas 30 minutos.

Versão do sistema

O sistema operacional também é um fator que diferencia os dois telefones, ainda que ambos contem com o software do Google. A diferença é que, enquanto o Galaxy Z Fold 3 desembarca com o Android 11, o sucessor oferece o Android 12L, uma versão específica para dispositivos com telas estendidas, como os tablets.

Galaxy Z Fold 4 usa o Android 12L, sistema otimizado para dobráveis e tablets — Foto: Thássius Veloso

A novidade contempla algumas funcionalidades que podem otimizar tarefas diárias feitas nas telonas, como é o caso dos dobráveis em questão. Com algumas adaptações, inclusive, é possível acomodar as ferramentas do aparelho em uma barra lateral, assim como nos sistemas presentes nos PCs.

Recursos adicionais

No caso dos integrantes da linha Z Fold, o suporte à S Pen é um dos recursos em evidência. A caneta inteligente da marca pode ser usada para interagir com a tela estendida dos modelos Z Fold 3 e Z Fold 4. Entretanto, ambos deixam de lado a presença da entrada P2 para fones de ouvido, reservando espaço apenas para a saída USB-C, que dividirá espaço com carregador.

Em termos de conectividade, os dois investem em 5G, fator de destaque no momento em que a rede começa a integrar as capitais do Brasil. O Wi-Fi 6 também marca presença na ficha técnica dos modelos. Por outro lado, eles se distinguem na versão Bluetooth, visto que o mais novo traz atualizações nesse quesito, deixando a conexão mais rápida e intuitiva.

S Pen é um dos recursos do Galaxy Z Fold 3 — Foto: Divulgação/Samsung

Leitor de impressão digital, áudio estéreo e NFC são complementos comuns aos dobráveis. O último recurso permite pagamentos por aproximação sem a necessidade de um cartão por perto.

Galaxy Z Fold 3 foi apresentado em agosto de 2021 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Preço

O Galaxy Z Fold 3, lançado em agosto do ano passado, foi apresentado por valores que partiram de R$ 12.799. Contudo, ele já pode ser encontrado por cifras mais baixas, a partir de R$ 10.680 na Amazon.

O recém-lançado Galaxy Z Fold 4 desembarcou no mercado internacional por US$ 1.799, mesmo preço do antecessor à época. Na conversão direta, o montante equivale a R$ 9.220, sem considerar impostos. A expectativa é a de que os valores no Brasil sejam divulgados em breve, especificamente em 23 de agosto.

Confira as fichas técnicas do Galaxy Z Fold 4 e do Galaxy Z Fold 3 na tabela abaixo

Galaxy Z Fold 3 vs. Galaxy Z Fold 4

Especificações Galaxy Z Fold 3 Galaxy Z Fold 4
Lançamento agosto de 2021 agosto de 2022
Preço de lançamento US$ 1.799 US$ 1.799
Preço atual R$ 10.680 US$ 1.799
Tamanho da tela 7,6 polegadas (interna) e 6,2 polegadas (externa) 7,6 polegadas (interna) e 6,2 polegadas (externa)
Resolução da tela 2208 x 1768 pixels (interna) e 2268 x 832 pixels (externa) 2176 x 1812 pixels (interna) e 2316 x 904 pixels (externa)
Processador Snapdragon 888 Snapdragon 8 Plus Gen 1
Memória RAM 12 GB 12 GB
Armazenamento 256 ou 512 GB 256 ou 512 GB
Cartão de memória sem suporte sem suporte
Câmera traseira principal de 12 MP, ultra wide de 12 MP e teleobjetiva de 12 MP principal de 12 MP, ultra wide de 50 MP e teleobjetiva de 10 MP
Câmera de selfies 10 e 4 MP 10 e 4 MP
Sistema operacional Android 11 Android 12L
Bateria 4.400 mAh 4.400 mAh
Dimensões e peso 158,2 x 128,1 x 6,4 mm; 271 gramas 130,1 x 155,1 x 6,3 mm
Cores prata, verde escuro e preto creme, grafite e preto

Com informações da Samsung (1/2) e Samsung Newsroom

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de agosto de 2022.

Mais do TechTudo