Celular
Publicidade

Por Thássius Veloso (@thassius), do TechTudo — São Paulo

Thássius Veloso/TechTudo

O Oppo Reno 7 foi anunciado hoje no mercado brasileiro pelo preço sugerido de R$ 2.999. Trata-se do primeiro celular da gigante chinesa Oppo no país. A quarta maior empresa de smartphones do planeta detalhou a operação nacional depois de meses de preparo. Em âmbito global, ela fica atrás de Apple, Samsung e Xiaomi receita, com US$ 9 bilhões (cerca de R$ 46 bilhões) de receita no primeiro trimestre, de acordo com a Counterpoint Research.

Neste lançamento, a companhia optou por trazer um celular sem internet 5G, que aos poucos começa a se popularizar no país. As vendas começam em 26 de setembro.

Oppo Reno 7 (R$ 2.999)

Oppo Reno 7 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O Oppo Reno 7 tem telona de 6,43 polegadas com painel AMOLED e resolução Full HD+. Além disso, a empresa aposta na taxa de atualização de 90 Hz, ligeiramente superior aos 60 Hz vistos em outros celulares básicos. Na prática, os usuários vão notar que as animações visuais do sistema Android ficam mas fluidas.

O design sóbrio, mas com cores vivas, ganha destaque por causa do anel RGB ao redor da câmera, batizado de luz orbital. De acordo com a empresa, usuários podem facilmente saber quais os tipos de notificações mais recentes ou o estado da recarga de bateria.

“Este produto abre as portas do Brasil para a Oppo”, disse Marcus Gomes, responsável pelo marketing da Oppo. “Esperamos que sejam produtos confiáveis, seja para tirar fotos, estudar ou se comunicar com os amigos”, concluiu.

No interior do smartphone fica o processador Snapdragon 680 (Qualcomm) – octa-core de até 2,4 GHz – e a memória RAM de 6 GB (inferior aos 8 GB vistos no exterior). O modelo é comercializado com 128 GB de armazenamento no país.

Oppo Reno 7 tira fotos de 32 megapixels — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

No campo da fotografia, o Oppo Reno 7 dispõe do seguinte sistema:

  • Câmera principal de 64 megapixels (f/1.7)
  • Câmera macro de 2 megapixels (f/3.3) – com 15x ou 30x de aproximação
  • Sensor de profundidade de 2 megapixels (f/2.4)
  • Câmera frontal de 32 megapixels (f/2.4)

O smartphone grava vídeos em 1080p a 30 quadros por segundo (fps). Já a função Visão Dupla captura simultaneamente o que está ocorrendo tanto na frente quando atrás do smartphone.

Oppo Reno 7 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

A ficha técnica fica completa com Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, Bluetooth 5.1, variados sistemas de localização geográfica e porta USB-C 2.0 para recarga. A bateria do Reno 7 tem 4.500 mAh, ou seja, está em linha o que tem-se visto no mercado. A carga completa ocorre em cerca de 61 minutos devido ao carregador de 33W.

O Reno 7 é vendido no Brasil nas cores azul e preto. Ele traz um acabamento acetinado batizado de Reno Flow. Para chegar nesta solução foram feitos mais de cem testes em variadas condições de temperatura, e cerca de 20 patentes foram registradas. “É um produto que não passa batido. É bem chamativo”, disse Gomes durante o evento de lançamento em São Paulo.

Oppo A77

Oppo A77 — Foto: Divulgação/Oppo

Também foi anunciado o Oppo A77, que se posiciona no mercado com destaque para a recarga rápida de 33W, um pouco acima do visto em aparelhos intermediários à venda no mercado. A empresa diz que o celular ficará “pronto para uso antes mesmo de você sair do chuveiro”. O preço e a data de início das vendas não foram informados.

Nele está uma bateria de 5.000 mAh, ligeiramente maior que a do Reno 7.

O Oppo A77 tem tela de IPS LCD de 6,56 polegadas com resolução HD. Permanece a taxa de atualização de 90 Hz. No interior marca presença o chip MediaTek Dimensity 810 – octa-core de até 2,4 GHz – e a memória RAM de 4 GB.

Oppo A77 — Foto: Divulgação/Oppo

O conjunto fotográfico fica assim:

  • Câmera principal de 48 megapixels (f/1.7)
  • Sensor de profundidade de 2 megapixels (f/2.4)
  • Câmera frontal de 8 megapixels (f/2.0)

Ambos os aparelhos anunciados hoje saem de fábrica com sistema Android 12 e interface ColorOS 12.1, desenvolvida pela própria Oppo. O sistema está em português do Brasil.

Thássius Veloso viajou para São Paulo a convite da Oppo

Mais do TechTudo