Sistemas Operacionais
Publicidade

Por Ana Letícia Loubak, da Redação


A nova versão do Windows 11 foi lançada pela Microsoft nesta terça-feira (20). A atualização do segundo semestre de 2022 (22H2) é a maior desde o lançamento do sistema, em outubro de 2021, e chega com novidades em segurança e produtividade. As novas funções incluem, por exemplo, um sistema inteligente para proteger o computador de aplicativos maliciosos e um "modo de foco", que minimiza distrações no sistema e ajuda o usuário a se concentrar nas próprias tarefas. O update também marca a disponibilização de aplicativos do Android na Microsoft Store para 31 países. Para os brasileiros, porém, o recurso continua sendo uma promessa: o país não foi incluso na lista.

A atualização será disponibilizada gradualmente a partir de hoje para todos os usuários. É provável, porém, que computadores com hardware mais novo sejam priorizados. Nas linhas a seguir, o TechTudo lista as principais novidades da atualização do Windows 11 e mostra como instalar o update no computador.

Windows 11 notebook escritório laptop — Foto: Divulgação/Microsoft

Qual o melhor Windows de todos os tempos? Participe da discussão no Fórum do TechTudo

Finalmente, abas no Windows Explorer

Nesta atualização, a Microsoft atendeu a pedidos dos usuários e trouxe o recurso de abas para o Windows Explorer. Com a novidade, será mais fácil gerenciar pastas e arquivos e navegar por eles. O recurso, porém, só chegará aos PCs em outubro. Além disso, o explorador de arquivos permitirá fixar as pastas e arquivos mais usados na página inicial e passará a mostrar o status de sincronização dos arquivos do OneDrive.

Windows Explorer ganhará abas para facilitar navegação — Foto: Divulgação/Microsoft

Ainda sobre usabilidade do sistema, a fabricante também fez mudanças no Menu Iniciar, que agora permite agrupar os ícones dos aplicativos em pastas com o movimento de arrastar e soltar – ao estilo de celulares Android e iOS –, e na pesquisa do Windows 11, agora mais rápida e precisa.

Aplicativos Android na Microsoft Store

Uma das principais promessas da Microsoft para o Windows 11, o suporte nativo aos aplicativos do Android não chegou à versão de lançamento do software. Até então, o recurso só estava disponível para usuários participantes do programa Windows Insider nos Estados Unidos. Com a atualização, a fabricante expande, nas próximas semanas, a parceria com a Amazon App Store para 31 países. Brasileiros, entretanto, terão de esperar mais um pouco, já que o Brasil não foi incluso na lista.

Aplicativo CapCut está disponível para download na Microsoft Store — Foto: Divulgação/Microsoft

Agora, os usuários dos países contemplados poderão encontrar e baixar mais de 20 mil jogos e aplicativos para Android diretamente na Microsoft Store, sem a necessidade de instalar emuladores. A lista de apps inclui desde redes sociais como TikTok e o popular editor de vídeos CapCut até jogos como Subway Surfers e o app do Kindle, e-reader da Amazon.

Mais produtividade

No que diz respeito à produtividade, a principal novidade da atualização são as chamadas "sessões de foco". O recurso permite ao usuário definir um tempo durante o qual ele deseja se concentrar e ativar um cronômetro. Quando a contagem começa, o Windows ativa automaticamente o modo Não Perturbe, que silencia as notificações e desativa os selos da barra de tarefas. O objetivo é minimizar distrações e ajudar o usuário a concluir a tarefa no tempo determinado.

Recurso "Sessões de foco" ajuda o usuário a se concentrar e ser mais produtivo — Foto: Divulgação/Microsoft

Os Snap Layouts também receberam melhorias. A função, que permite organizar as várias janelas abertas na área de trabalho, foi expandida para o Microsoft Edge. Agora será possível visualizar múltiplas abas do navegador ao mesmo tempo e de forma bem mais rápida.

Novas funções de acessibilidade

Um dos objetivos da Microsoft é "tornar os PCs mais fáceis de usar e mais seguros para todos". Para isso, a fabricante investiu em ferramentas de acessibilidade. Uma delas é o Voice Access, que permite controlar o PC usando apenas a voz. Em demonstração para jornalistas, o recurso foi usado para abrir pastas, minimizar janelas e ditar palavras em documentos, por exemplo.

Recurso "Voice Access", do Windows 11, permite comandar o PC apenas com a voz — Foto: Divulgação/Microsoft

Outra novidade é o recurso Live Captions, capaz de gerar legendas automaticamente a partir de qualquer áudio no Windows 11 – desde alertas do sistema até vídeos no YouTube. A Microsoft também adicionou vozes mais naturais ao narrador do Windows 11. A ideia é proporcionar uma experiência mais agradável para auxiliar na leitura ou navegação na web. Segundo a empresa, quase uma em cada cinco pessoas se beneficia de recursos de acessibilidade no PC. Vale ressaltar que, por ora, esses recursos só estão disponíveis na língua inglesa.

Segurança

Em relação à segurança, a principal novidade do Windows 11 é o Smart App Control, uma ferramenta que usa inteligência artificial (IA) para proteger usuários e empresas de aplicativos maliciosos que contêm malwares ou outras ameaças. Construído com base nos principais recursos computacionais do Windows Defender, o aplicativo cria, a partir de 43 trilhões de sinais de segurança mapeados diariamente pela Microsoft, um modelo de IA para prever se um app é seguro. Vale ressaltar que, para acessar o recurso, é preciso fazer uma instalação limpa do Windows 11.

Smart App Control é o novo recurso de segurança do Windows 11 — Foto: Divulgação/Microsoft

Novo editor de vídeo e recursos para câmera

Entre as novidades da atualização do Windows 11 está o ClipChamp, novo editor de vídeo do sistema. Com interface simples, o software promete facilitar a edição de vídeos e conta com recursos básicos como corte, efeitos e transições, templates variados e biblioteca de áudio de vídeo. Vale ressaltar que, na versão web do ClipChamp, o plano gratuito permite exportar vídeos em até 1080p (HD) e sem marca d'água. Para desbloquear recursos premium, é preciso assinar a versão Pro, que custa R$ 84 mensais.

ClipChamp é o novo editor de vídeos do Windows 11 — Foto: Divulgação/Microsoft

O novo Windows 11 ganhou também o que a Microsoft chama de "Windows Studio Effects", uma ferramenta para melhorar a imagem e áudio do usuário durante videochamadas. Os efeitos incluem uma espécie de modo retrato, que desfoca o fundo do ambiente; filtragem de ruídos de fundo para dar mais clareza à voz do falante; e framing automático, recurso similar ao Center Stage, da Apple, que acompanha e centraliza o usuário no quadro do vídeo.

Tela de configuração do Windows Studio Effects — Foto: Divulgação/Microsoft

Como atualizar para a nova versão do Windows 11

Se você já tem o Windows 11 instalado e quer baixar a nova versão, basta acessar as configurações do sistema, selecionar "Windows Update" e depois clicar em "Verificar atualizações". Vale ressaltar que a atualização deve chegar pouco a pouco para os computadores – PCs com hardware mais novo devem ter prioridade.

Usuários do Windows 10 que desejam migrar para o novo sistema, por sua vez, devem verificar se o PC é compatível usando o programa PC Health Check. Vale dizer que os requisitos mínimos para instalação permanecem os mesmos. Outra forma de fazer a verificação é abrir o Windows Update e selecionar "Verificar atualizações": se o seu computador for elegível, aparecerá uma opção para fazer download e instalar a nova versão.

Veja também: Cinco destaques do Windows 11, novo sistema da Microsoft

Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Mais do TechTudo