Publicidade
Liga Brasileira de Free Fire (LBFF)

Liga Brasileira de Free Fire (LBFF)

Fórum

Você ficou com alguma dúvida? Visite o Fórum TechTudo e peça ajuda para a comunidade.

Conheça a Liga Brasileira de Free Fire, antiga Pro League Brazil

A Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) é o principal campeonato do jogo mobile da Garena no Brasil. O torneio era conhecido como Free Fire Pro League Brazil até o início de 2020. A mais recente edição do campeonato é a sua oitava temporada, que teve início no dia 6 de agosto e se encerra no dia 15 de outubro de 2022. A edição contou com 18 equipes: LOUD, Vivo Keyd, BD Vasco, Magic Squad, GOD Unidas, Corinthians FF, Tropicaos, B4 Esports, TSM FTX, Los Grandes, paiN Gaming, HUMMER Esports, Angels, Meta Gaming, Netshoes Miners, Fluxo, Team Liquid e Stars Horizon.  

A principal mudança da LBFF 8 em relação à edição anterior é o formato. Até então, as equipes batalhavam em três mapas: Bermuda, Purgatório e Kalahari. No entanto, na competição de 2022, o mapa Alpine também entrou na rotação, o que impactou também no número de quedas disputadas em cada rodada. 

Na LBFF 8, as equipes foram divididas em três grupos com seis integrantes cada. Em cada rodada, dois grupos se enfrentam na busca de pontos. A principal diferença fica para a quantidade de quedas nas rodada, que antes eram seis, mas passam a ser somente quatro. 

Regulamento da LBFF 2022

A Liga Brasileira de Free Fire conta com três divisões, sendo a Série A composta por 18 equipes, contando com partidas que voltaram recentemente ao formato presencial. Em cada dia, são disputadas quatro entre os mapas: Bermuda, Kalahari, Purgatório e Alpine, e os pontos são corridos durante toda a etapa do campeonato. A premiação total da LBFF é de R$ 745 mil, com o campeão levando para casa R$ 105 mil, o vice, R$ 85 mil, o terceiro colocado, R$ 75 mil. O restante do valor é dividido igualmente entre as equipes posicionadas entre o quarto até o décimo segundo lugar.

A Fase de Grupos é disputada ao longo de nove semanas, o que totaliza 27 rodadas. Na edição, o sistema de pontuação permanece o mesmo: BOOYAH! valendo 12 pontos, a segunda colocação, nove pontos, a terceira, oito, e assim sucessivamente. Um abate seguirá contabilizando um ponto também. 

Ao final da primeira fase, as 12 melhores equipes avançam para a grande final. A 13° colocada não vai para a final, mas garante sua permanência na elite da próxima etapa. Os times que ficarem entre a 14° e 17° colocação devem passar pelo Grupo de Acesso, enquanto o lanterna sofrerá o rebaixamento direto para a Série B da LBFF 9.

Primeira edição (Antiga Free Fire Pro League Brazil)

As finais da primeira temporada foram realizadas entre 16 e 17 de março de 2019, com a participação de 12 agremiações: Los Maníacos, Fallens, STARS, Kingzone, The Brothers, Tropa M3C, GPS Veteranos, Cães de Guerra, Cangaceiros, Os Clandestinos, Fantasy Death e INTZ eSports. O título ficou com a Tropa M3C (RED Canids) e o vice com a GPS Veteranos, que posteriormente disputaram o Mundial na Tailândia, em abril. O campeão levou para a casa o prêmio de R$ 13 mil.

Classificação final

1º – Tropa M3C
2º – GPS Veteranos
3º – INTZ
4º – Fantasy Death
5º – The Brothers
6º – Cães de Guerra
7º – STARS
8º – Os Clandestinos
9º – Fallens
10º – Los Maníacos
11º – Cangaceiros
12º – Kingzone

Segunda edição (Antiga Free Fire Pro League Brazil)

A segunda temporada da Free Fire Pro League Brazil teve início em 11 de maio de 2019 e teve participação de 1728 equipes. As finais aconteceram no dia 20 de julho de 2019 em São Paulo, e contaram com a participação das 12 melhores equipes da temporada: LOUD, Brabox, Ryze United, LOS GRANDES, Warrios Line, Stars, Lendários, New X, Ice Death, INTZ, RED Canids e Vivo Keyd. As três últimas garantiram vaga direta na etapa final por terem ficado nas três primeiras colocações da primeira edição da Free Fire Pro League Brazil. A equipe da New X foi a grande campeã do torneio e o jogador Everton "Ubita" dos Santos foi eleito MVP da competição. Esta edição não deu vaga para a Free Fire World Series, que acontecerá no Rio de Janeiro em novembro.

Classificação final

1º – New X
2º – Vivo Keyd
3º – Stars
4º – RED Kalung
5º – Warriors Line
6º – Los Granfes
7º – Ryze United
8º – LOUD
9º – INTZ
10º – Ice Death
11º – Lendários
12º – Brabox

Terceira edição (Antiga Free Fire Pro League Brazil)

A terceira edição da Free Fire Pro League Brazil começou no início de agosto com 1728 times. Depois da disputa de diversas fases online, os 12 melhores times se enfrentaram na grande final no dia 9 de novembro no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. Corinthians e LOUD levaram a melhor e foram campeão e vice-campeão, respectivamente, do torneio. Com isso, as equipes também se classificaram para o Mundial de Free Fire que aconteceu no dia 16 de novembro, na capital carioca. Carlos “Fixa” César, do Corinthians, foi o MVP do campeonato. O Corinthians foi o campeão da competição internacional. 

Classificação final

1º – Corinthians
2º – LOUD
3º – paiN Gaming
4º – GOD
5º – B8
6º – Ryze
7º – Easy
8º – INTZ
9º – Pro Gaming
10º – RED Canids
11º – W7M
12º – Black Dragons

Quarta Edição (Primeira Liga Brasileira de Free Fire)

A quarta edição da Free Fire Pro League passou a ser chamada de Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) em 2020. A competição começou no dia 1º de fevereiro em modo presencial no complexo de Estúdios Quantas, mas sofreu alteração para o modo online devido à pandemia do coronavírus, que provocou o isolamento social e a proibição de aglomerações. A Team Liquid foi a campeã do 1° split de 2020, enquanto o Corinthians, que defendia o seu título, ficou apenas em sexto lugar.

1º - Team Liquid
2º - Vivo Keyd
3º - Loud
4º - paiN Gaming
5º - INTZ
6º - Corinthians
7º - BD Los Grandes
8º - FURIA
9º - B4
10º - Red Canids Kalunga
11º - PRG (rebaixada)
12º - SKS (rebaixada)

Quinta edição (Segunda Liga Brasileira de Free Fire)

A segunda etapa da recém renomeada Liga Brasileira de Free Fire, estava marcada para começar no dia 15 de maio. Contudo, devido aos avanços da pandemia do coronavírus (Covid-19), a competição foi cancelada. 18 equipes estavam planejadas para participar, com 16 já tendo sido definidas antes do cancelamento ter ocorrido.

Sexta edição (Terceira Liga Brasileira de Free Fire)

Após o cancelamento da edição anterior, a Liga Brasileira de Free Fire voltou com tudo no final do ano. Tendo início em 22 de agosto e término marcado para o dia 1º de novembro, a competição reuniu as 18 melhores equipes brasileiras e as colocou para disputar o grande título. A SS Esports se sagrou a campeã desta split, com a Team Liquid terminando apenas em terceiro lugar.

 1º - SS Esports
2º - Vivo Keyd
3º - Team Liquid
4º - paiN Gaming
5º - Black Dragons e-Sports
6º - Flamengo B4
7º - Santos e-Sports
8º - Cruzeiro eSports
9º - Corinthians
10º - Red Canids Kalunga
11º - God E-Sports
12º - FURIA Esports
13º - LOUD
14º - Fear
15º - INTZ
16º - NewX Gaming
17º - KaBuM! e-Sports (rebaixado)
18º - Los Grandes (rebaixado)

Sétima edição (Quarta Liga Brasileira de Free Fire)

O primeiro split de 2021 teve início em 23 de janeiro e sua grande final foi marcada para o dia 20 de março. Novamente, a competição contou com a participação de 18 equipes e teve suas disputas exclusivamente online para prevenir maiores problemas. A Fluxo se sagrou a grande campeã do torneio após vitória sobre Corinthians, LOUD e a ex-campeã SS Esports.

 1º - Fluxo
2º - LOUD
3º - Cruzeiro eSports
4º - Corinthians
5º - SS Esports
6º - Meta Gaming
7º - Santos e-Sports
8º - Team Liquid
9º - Furia Esports
10º - B4 eSports
11º - God E-Sports
12º - Vivo Keyd
13º - Black Dragons e-Sports
14º - paiN Gaming
15º - INTZ
16º - Team One
17º - Flamengo eSports (rebaixado)
18º - RED Canids (rebaixado)

Oitava edição (Quinta Liga Brasileira de Free Fire)

O segundo split de 2021 teve início em 28 de agosto e sua grande final foi marcada para o dia 30 de outubro. Diferente do primeiro split, a competição retornou a ser presencial, ocorrendo na cidade de São Paulo. A B4 se sagrou a grande campeã do torneio após vitória sobre a Keyd. O 3º e 4º lugar do torneio ficou com as equipes da Fluxo e LOUD respectivamente.

1º - B4
2º - Keyd
3º - Fluxo
4º - LOUD
5º - Corinthians
6º - SS Esports
7º - Los Grandos
8º - Meta Gaming
9º - Tropa
10º - Nitroxx Top10
11º - Miners.gg
12º - Team Solid
13º - Amazon Cripz
14º - Bonde
15º - Real e-Sports
16º - TSM
17º - FURIA Esports
18º - Xisde

Rodada se destacou também pela atuação da HUMMER, que liderou o dia com um BOOYAH! e 70 pontos
Equipe de Syaz deixou escapar a primeira trinca da LBFF 8 em duas oportunidades, mas fechou o dia com mais uma bela atuação
VK teve um começo avassalador nesta segunda-feira (19) e foi a maior pontuadora do dia; veja tabela de classificação
Mundial está marcado para os dias 25 e 26 de novembro e contará com representantes da Liga Brasileira de Free Fire
Rodada desta segunda-feira (12) foi liderada pela Los Grandes, que chegou à 7° colocação na tabela de classificação; veja resumo
Rodada desta segunda-feira (5) também ficou marcada por linda jogada de Federal7, da TSM, na última queda; veja tabela de classificação
Vivo Keyd também foi bem na rodada e diminuiu a diferença para o líder Fluxo na tabela, enquanto JapaBKR chegou a 600 abates na LBFF
Vivo Keyd também fez boa semana e diminuiu bastante a diferença para o líder Fluxo na tabela; veja classificação
Equipe de Emanuel "Ousado" Costa marcou três BOOYAHS! na Semana 2 e adquiriu uma enorme vantagem na tabela de classificação; veja resumo da rodada
Fluxo fez uma dobradinha nesta segunda-feira (8), mas não conseguiu superar a VK na tabela de classificação; veja tabela de classificação

Em breve!

Estamos providenciando conteúdo dessa página, aguarde.